Presidente da Fecosul e CTB-RS, Guiomar Vidor, participa, em São Paulo, de reunião entre lideranças das centrais sindicais para avaliar o #OcupaBrasília e definir a agenda das próximas mobilizações. O encontro aconteceu na sede da CTB/SP.

Em junho, os sindicalistas pretendem promover outra Greve Geral, como a de 28 de abril deste ano. A definição da data depende da agenda de votações da Câmara e do Senado, e deve sair nos próximos dias.

"O #OcupaBrasília foi muito positivo junto à sociedade, mesmo com a ação de alguns provocadores e infiltrados, que resultou em confronto entre eles e a polícia. O movimento teve público além do esperado e pressionou a base aliada do governo, que se esvazia - dia após dia", afirmou Vidor.

As lideranças que participaram da reunião saíram com o compromisso de intensificar as ações estaduais e municipais de conscientização da população, com distribuição de material unitário das centrais, e de cobrança dos deputados e senadores que são favoráveis às reformas propostas pelo presidente Michel Temer, promovendo atos locais e atividades nos aeroportos.

As palavras de ordem são: Fora Temer e o fim das Reformas Trabalhista e da Previdência.

Texto: Juliana Ramiro - Assessora de Comunicação Fecosul