Dando sequência às atividades de mobilização do “Maio de Lutas”, os corredores da Câmara e do Senado iniciaram esta terça-feira (16), com dezenas de trabalhadores que estão abordando os parlamentares contra as reformas trabalhistas e previdenciária. Os comerciários do RS integram o grupo.

Segundo Vitor Espinoza, secretário de movimentos sociais da Fecosul, os gaúchos estão empenhados em demonstrar a insatisfação da sociedade e, em especial, dos trabalhadores e trabalhadoras diante das reformas do ilegítimo governo Temer. “Vamos ficar três dias desta semana fazendo um trabalho intenso junto aos parlamentares, dizendo um sonoro ‘não’ para estas reformas que retiram os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou Espinoza.

Na semana que vem, os comerciários retornam para Brasília, para o 24 de maio, quando acontece o #OcupaBrasília. Segundo Espinoza, somente da categoria comerciária deverão vir cerca de 160 sindicalistas. A CTB/RS deverá mobilizar em torno de 10 ônibus, o que representará aproximadamente 400 dirigentes sindicais gaúchos, que se somarão aos milhares de trabalhadores e trabalhadoras de todo Brasil.


Fonte: Assessoria Fecosul com informações de Sônia Corrêa, do Portal CTB