Nas últimas semanas, a Direção do SindiComerciários de Ijuí fechou dissídios na maioria das áreas de atuação do comércio. O último acordo foi realizado, na manhã desta terça-feira (12/9), com o Sindilojas, fechando o reajuste para o setor lojista de Ijuí e região. Com data base em março, os salários acima do piso terão reajuste de 4,69% e o piso da categoria foi fixado em R$ 1.230,00. As diferenças salariais em relação a data base e o auxílio escola (valor de meio piso R$ 615) serão quitadas na folha de outubro, paga em novembro.

No último dia 05 já havia acordo de reajuste para os setores de comércio atacadista, álcool e bebidas, farmácias, funerárias, mercados e óticas. Os valores são os mesmos, 4,69% para os salários acima do piso e piso salarial de R$ 1.230,00. As diferenças salariais serão quitadas na folha de setembro, paga em outubro e o auxílio escola será quitado na folha de outubro, paga em novembro. Outro setor que fechou com os mesmos valores foi o de comércio de peças automotivas, sendo que as diferenças e o auxílio escola serão quitados na folha de setembro, paga em outubro.

As cooperativas também tiveram acordos de dissídio definidos:

COTRICAMPO – Piso R$ 1.231,00 – Demais salários: 5% - Já quitou as diferenças salariais e o auxílio escola.

COTRIJUI – Piso R$ 1.245,00 – Demais salários: 5% - Está quitando as diferenças e o auxílio escola.

COTRIMAIO – Piso R$ 1.258,00 – Demais salários: 5% - Diferenças em 3 vezes: agosto/setembro/outubro – Auxílio escola folha de outubro, paga em novembro.

O contexto dos acordos reflete o momento econômico e especialmente político, em que a reforma trabalhista acabou com diversos direitos conquistados pelos trabalhadores e trabalhadoras e levou os Sindicatos patronais a buscar na negociação retirar algumas cláusulas conquistadas pela categoria. “Nossa grande vitória nestes acordos foi conseguirmos manter todas cláusulas dos acordos anteriores, especialmente a do auxílio escola, de meio piso salarial. Neste momento já estamos nos preparando para a batalha pela valorização do salário mínimo do estado, primeiro passo para os reajustes em 2018”, explicou o Presidente do SindiComerciários, Ari José Bauer.

Somente trabalhadores e trabalhadoras do comércio sócios do Sindicato e em dia com suas mensalidades têm direito ao auxílio escola. Para receber o benefício, os sócios devem apresentar ainda comprovante de regularidade escolar (próprio ou de dependentes) em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Fonte: Sindicomerciários de Ijuí