(51) 3211.0641 - Federação dos Empregados no Comércio de Bens e Seviços do RS

Notícias

Crise: alternativas ao gás de cozinha elevam os acidentes com queimaduras

Mais um efeito devastador da política de preços adotada pela Petrobras com a instalação do governo golpista de Michel Temer, em 2016. Além de quase 1,5 milhão de famílias estarem utilizando lenha para cozinhar, muitas pessoas usam o álcool e se expõem a riscos de acidentes graves.Somente no segundo

Fecosul realiza 8º Encontro da Mulher Trabalhadora no Comércio do RS

No dia 6 de junho, a partir das 8h30, no auditório da Fecosul, acontece o 8º Encontro da Mulher Trabalhadora no Comércio e Serviços do RS, promovido pela secretaria da Mulher da Federação.As inscrições serão realizadas até o dia 4/6, mediante preenchimento e envio da ficha de inscrição para o e-mail

Fecosul realiza 9ª Plenária Estadual dos Empregados no Comércio do RS

Nos dias 6 e 7 de junho, em Porto Alegre, a Fecosul realiza a sua 9ª Plenária Estadual dos Empregados no Comércio do RS. Nesta nona edição, que acontece na sede da Fetag-RS (R. Santo Antonio, 121, bairro Floresta), as palavras de ordem são resistência e luta e as mesas do evento tratam das mudanças

CARTA DE PORTO ALEGRE DO IV ENCONTRO DE DIREITOS SINDICAL DA ABRAT

A advocacia brasileira, reunida em Porto Alegre no IV ENCONTRO DE DIREITO SINDICAL DA ABRAT, co-promovido por AGETRA, com apoio das CENTRAIS CTB, CUT e sindicatos filiados, vem a público apresentar as conclusões dos debates realizados:1.A Constituição Federal de 1988 sendo social e compromissória, foi

Empregados do grupo Dimed ganham R$ 4.719 milhões em PLR

Na última semana, representantes do grupo Dimed estiveram na Fecosul para apresentar os resultados de 2017 e discutir proposta de PLR dos comerciários empregados do grupo para 2018. O acordo das metas e valores é feito entre a empresa e a Fecosul.No ano de 2017, 6.213 empregados repartiram o montante

CTB realiza em Caxias o maior evento de 1º de maio no Rio Grande do Sul

Cerca de 15 mil pessoas estiveram presentes no Ato Show do Dia do Trabalhador da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) realizado na tarde deste dia 1º, nos Pavilhões da Festa da Uva, em Caxias do Sul.O evento que pediu a revogação da Reforma Trabalhista, uniu protesto e diversão,

Mudanças na CLT podem aumentar número de acidentes do trabalho

O Brasil ocupa atualmente o 4° lugar no ranking de acidentes de trabalho, atrás apenas da China, Índia e Indonésia. A gravidade do quadro levou à criação do movimento Abril Verde, cujo objetivo é estimular a adoção de uma cultura permanente de prevenção. A campanha faz referência ainda ao Dia Mundial

TRT4 derruba impedimentos de acesso à Justiça em decisão histórica

Por unanimidade, o Tribunal Regional da 4ª Região - TRT4, acolheu, na tarde desta segunda-feira (23), tese exposta pelo advogado Renato Kliemann Paese, do Escritório Paese, Ferreira, em Agravo Regimental, na qual defendia a inexigibilidade de indicação de valores líquidos aos pedidos formulados nas

Temer tira R$ 209 mi de verbas sociais para pagar publicidade enganosa

Com a rejeição perene do governo, apontado nas pesquisas com 70% de reprovação, Michel Temer decidiu lançar o que chama de “supercampanha” para dizer que os dois anos de governo golpista “salvaram o Brasil”. A medida é uma última tentativa para alterar os resultados das pesquisas antes de deixar

CTB realiza ato show em comemoração ao Dia do Trabalhador em Caxias do Sul

Pela revogação da Reforma Trabalhista. Empregos e democracia. #LulaLivre.A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil - CTB, juntamente com seus sindicatos filiados de todo o RS, realiza ato show no Dia do Trabalhador. O evento acontece nos Pavilhões da Festa da Uva, em Caxias do Sul.A atividade,

Disputa sobre imposto sindical deve ficar só para o segundo semestre

Insegurança jurídica, com liminares que restauram a obrigação e revogam o disposto na reforma trabalhista, tende a continuar até que seja votada no STF, onde a agenda está bem apertadaCinco meses após ser revogada pela reforma trabalhista, a contribuição sindical obrigatória ainda gera disputa no Judiciário,

Carrefour vai ter autoatendimento em 64 lojas

A maior atenção às iniciativas tecnológicas dentro do ponto de venda, a varejista francesa Carrefour pretende atingir, até o final do ano, 64 unidades que ofereçam autoatendimento ao consumidor.A modalidade, que dá mais autonomia para o cliente finalizar o processo de compra dentro da loja física, será

Brasil é quarto lugar no ranking mundial de acidentes de trabalho

Como parte do Abril Verde, que tem foco na prevenção, MPT deu início, na última quinta, 5 de abril, a uma série de ações articuladas em todo o paísBrasília – Quarto lugar no ranking mundial, o Brasil é hoje o país onde a cada 48 segundos acontece um acidente de trabalho e a cada 3h38 um trabalhador

Decisão do STF atendeu a interesses da Globo, apontam PT, PCdoB e Psol

PT, PCdoB e Psol condenaram a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que negou o habeas corpus preventivo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em julgamento que terminou na madrugada desta quinta-feira (5). Para o PT, a Constituição foi “rasgada” pela Corte que deveria defendê-la. O PCdoB diz

Desemprego volta a subir, contradizendo discurso pró-reforma trabalhista

O índice de desemprego no Brasil voltou a subir (0,6%) e atingiu 12,6% no trimestre de dezembro de 2017 a fevereiro de 2018. O dado é da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (29). De acordo

Reajuste do Salário Mínimo Regional fica abaixo da inflação

Na tarde desta terça-feira, 27, mesmo após tentativa de articulação das Centrais e deputados de construir emenda ao projeto de reajuste do Piso encaminhado pelo governo, deputados da base aliada conseguem aprovar projeto do governo, sem apreciação das emendas, que reajusta o salário em 1.81%, isto é,

A frágil recuperação do mercado de trabalho brasileiro

De 13,7% no 1º trimestre de 2017, a taxa de desocupação recuou para 11,8% no último trimestre do ano. Essa queda, porém, é explicada integralmente pela criação de postos de trabalho com pouca ou nenhuma proteção social.*Tiago OliveiraNo início de 2015, uma “tempestade perfeita” se abateu sobre o mercado