(51) 3211.0641 - Federação dos Empregados no Comércio de Bens e Seviços do RS

Notícias

Por Valdete Severo: Reforma trabalhista só será trágica se permitirmos

A edição da Lei 13.467 subverteu o texto da CLT com o artificialismo de alterações orientadas a partir de interesses antitrabalhistas. Contrariando promessas inidôneas do governo, o projeto de lei advindo da Câmara não sofreu veto algum. A medida provisória, cujos enganosos acenos atenuariam os aspectos

Valdete Severo

Caxias do Sul: Patrões de mercados oferecem apenas 2,56% de reajuste

Os patrões ofereceram apenas 2,56% de reajuste aos comerciários que trabalham em mercados. O número foi proposto na primeira reunião de negociação da Campanha Salarial 2017, na manhã desta terça-feira (25), entre o Sindicato dos Empregados no Comércio (Sindicomerciários Caxias) e o Sindicato do Comércio

Fiscalização do trabalho escravo desaba no Brasil na era Temer

De acordo com informações da Comissão Pastoral da Terra (CPT), a fiscalização de estabelecimentos suspeitos de utilização de mão de obra análoga à escravidão caiu quase 7 vezes nos primeiros seis meses de 2017.A média da última década é de 300 inspeções anuais. Neste ano foram fiscalizados apenas 44

Na ZH: Uma reforma que faz mal ao Brasil, por Guiomar Vidor

A "Reforma Trabalhista" foi tratada no Congresso com uma pressa que não permitiu a discussão necessária entre os setores interessados e o devido esclarecimento sobre as mudanças que acarreta. Os grandes prejudicados não são apenas os trabalhadores, mas toda a sociedade.Somente um governo sob suspeita

Guiomar Vidor

Entenda como os defensores da reforma trabalhista fizeram propaganda enganosa

Ao atrelar a prestação de serviços e a remuneração dos empregados apenas e exclusivamente às necessidades da empresa, o Projeto equipara os trabalhadores aos demais insumos da produção.”Ministério Público Federal. Nota técnica número 1, sobre reforma trabalhista.Certamente você já deve ter lido ou ouvido

Reforma Trabalhista abre caminho para demissões em massa

Mal foi aprovada a reforma trabalhista e as empresas do setor privado e público deram início a um processo de redução no quadro de funcionários. Exemplo desta afirmação é que a Caixa, Bradesco, Eletrobras, Correios e Conab (Companhia Nacional de Abastecimento já anunciaram a abertura de um Plano de

Reforma trabalhista: grávida poderá trabalhar em local insalubre

Uma mas mudanças na reforma trabalhista é a restrição ao trabalho de grávidas e  que estejam amamentando em ambientes insalubres. Atualmente, a lei trabalhista proíbe que as mulheres trabalhem nesses locais durante a gravidez. O texto aprovado pelos parlamentares na última terça-feira prevê dois

Reforma Trabalhista aprovada no Senado: Saiba como cada senador votou

Proposta foi aprovada na noite desta terça (11) por 50 votos a 26 (e uma abstenção). Enviada pelo governo, reforma prevê pontos que poderão ser negociados entre patrões e empregados.O plenário Senado aprovou nesta terça-feira (11), por 50 votos a 26 (e uma abstenção), o texto-base da reforma trabalhista.