(51) 3211.0641 - Federação dos Empregados no Comércio de Bens e Seviços do RS

Notícias

Aposentadoria por idade exige menos tempo de contribuição

Segurados que têm menos tempo de contribuições ou mesmo buracos no recolhimento têm como opção mais vantajosa a aposentadoria por idade.Nesse tipo de benefício, é possível chegar à aposentadoria integral com 30 anos de contribuição.A conta para chegar ao valor do benefício começa com 70% da média salarial.Para

3 em cada 10 mulheres que morrem por violência têm histórico de agressão

Dado consta em estudo inédito realizado pelo Ministério da Saúde com base em registros de óbitos e atendimento na rede pública entre 2011 e 2016Três entre cada dez mulheres que morreram no Brasil por causas ligadas à violência já eram agredidas frequentemente, revela estudo inédito do Ministério da

Teto do INSS sobe de R$ 5.645,80 para R$ 5.839,45, em 2019

Aposentados e pensionistas do Regime Geral, a cargo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tiveram reajuste de 3,43% nos benefícios acima do salário mínimo. O porcentual é do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) divulgado, na última sexta-feira (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia

2019 já registra ao menos 12 casos de feminicídio

O ano mal começou e o Brasil já registra, ao menos, 12 casos de feminicídio pelo país. Levantamento revela que a maioria dos casos estão na região Sudeste, nos estados de São Paulo (cinco) e Rio de Janeiro (quatro).O levantamento foi publicado pelo Portal UOL e considera casos reportados pela imprensa,

Bolsonaro pode usar brechas para flexibilizar regras trabalhistas

Constituição não estabelece, por exemplo, forma de pagar o 13º salárioSem mexer na Constituição ou na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), o governo de Jair Bolsonaro tem espaço para uma nova flexibilizaçãona aplicação de direitos dos empregados, pouco mais de um ano após a lei trabalhista passar

Mínimo da vergonha - R$998,00, por Guiomar Vidor

Em seu primeiro ato, o governo Bolsonaro desnuda seu caráter plutocrático, decretando o valor de miseráveis R$998 para o salário mínimo, R$ 8 a menos do que previsto no OGU.O presidente "Mito", que prometia valorizar o salário mínimo, parece que mudou de ideia e resolveu, mais uma vez, agradar aos poderosos

Presidente decreta novo salário mínimo

O Presidente empossado Jair Bolsonaro, em seu primeiro ato, assinou nesta terça-feira (1º de janeiro de 2019) decreto que reajusta o salário mínimo para R$ 998,00.O valor ficou abaixo da estimativa de R$ 1.006,00 aprovado na peça orçamentária para 2019, pelo Congresso Nacional.A política de valorização

“Não vamos aceitar calados o fim do Ministério do Trabalho”, disse Vidor

Na manhã desta terça-feira (11), representantes da unidade das Centrais Sindicais, sindicatos de todo o Estado e entidades que representam os profissionais que atuam na justiça do trabalho – juízes e advogados, além de membros do Ministério Público, promoveram ato em frente a Superintendência Regional

Centrais Sindicais enviam pauta de reajuste do Salário Mínimo Regional

A luta das Centrais Sindicais pela valorização do Piso Regional vem demonstrando a possibilidade de ação conjunta e unitária do movimento sindical gaúcho para um projeto de desenvolvimento do Estado que incorpore a melhoria da distribuição de renda e, sobretudo resguardar a base da hierarquia salarial

CTB-RS repudia fim do Ministério do Trabalho

 Em entrevista a Rádio Gaúcha, na manhã desta segunda-feira (3), o ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, anunciou o fim do Ministério do Trabalho a partir do dia 1º de janeiro, quando assume o presidente Jair Bolsonaro.Na entrevista, Onyx apontou que as atuais atividades da pasta

Campanha: Antecipe suas compras de Natal 2018

Todo fim de ano, em dezembro, a Fecosul e os Sindicomerciários, por meio da campanha “Antecipe suas compras de Natal”, buscam sensibilizar os gaúchos da importância de não deixarem suas comprar de Natal para a última hora. Com esse pequeno gesto, todo mundo sai ganhando. Quem compra evita filas, o corre-corre

Ministro de Bolsonaro anuncia o fim do Ministério do Trabalho

O coordenador da equipe de transição e futuro chefe da Casa Civil de Bolsonaro, Onyx Lorenroni, afirmou nesta segunda-feira (3) que o futuro governo vai mesmo acabar com o Ministério do Trabalho, cuja estrutura seria incorporada pelas pastas da Justiça, da Cidadania e da Economia. A decisão, se efetivada,

Fecosul participe de plenária do DIEESE em Porto Alegre

Na manhã desta terça-feira, a Fecosul e a CTB-RS, representadas pelo seu presidente e alguns diretores, estiveram presentes na plenária promovida pelo DIEESE, na sede do SINDIPOLO, com destaque para a fala do Coordenador Nacional da entidade, Clemente Ganz Lúcio, que falou sobre a conjuntura e os desafios

16 Dia de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres

A campanha é mundial e têm inicio no dia 25 de novembro, Dia Internacional de Não Violência Contra as Mulheres, terminando no dia 10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos. No Brasil, ela é realizada desde 2003, por meio de ações de mobilização, palestras, debates, eventos e encontros.A

Havan cresce: com 50 empréstimos do BNDES e sonegação

Jornal GGN - O jornal Extra Classe publicou extensa reportagem sobre a Havan, rede de lojas, e seu proprietário Luciano Hang. O varejista reuniu-sem com o governador José Ivo Sartori, do Rio Grande do Sul, em acertos para entrada da empresa no mercado gaúcho. Hang declarou à imprensa de Porto Alegre,

Sindicomerciários realiza posse da nova diretoria e prestação de contas

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Caxias do Sul (Sindicomerciários) realizou na noite desta segunda-feira, 19 de novembro, no auditório da entidade, a assembleia de prestação de contas e posse da nova diretoria, eleita em junho deste ano com 98% dos votos. Construída em consenso entre os integrantes

Reunião das centrais define reajuste do Mínimo Regional e mobilizações

Na manhã desta terça-feira, 13, mais uma vez, as centrais sindicais estiveram reunidas na sede da CTB-RS, para definir o índice do reajuste do Salário Mínimo Regional, que irão propor para o governo do Estado, para 1º de janeiro de 2019.O reajuste proposto pela unidade dos representantes dos trabalhadores

Reforma da Previdência ignora 426 bilhões devidos por empresas ao INSS

Enquanto propõe que o brasileiro trabalhe por mais tempo para se aposentar, a reforma da Previdência Social ignora os R$ 426 bilhões que não são repassados pelas empresas ao INSS. O valor da dívida equivale a três vezes o chamado déficit da Previdência em 2016. Esses números, levantados pela Procuradoria