Ex-presidente Lula confirma favoritismo e sobe sete pontos em relação a levantamento de abril, com 39% das intenções de voto para Presidência da República, segundo pesquisa Datafolha divulgada na madrugada desta quarta (22).

Ele ratifica sua liderança já apontada nesta segunda (20) por pesquisas CNT/MDA e Ibope e supera em mais que o dobro o segundo colocado, Jair Bolsonaro, que tem agora 19% (tinha 15% em abril).

A pesquisa também aponta que, em um eventual cenário em que a candidatura de Lula venha a ser impedida, seu virtual substituto, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad aparece com 4%. No entanto, 31% dos que dizem votar em Lula votariam em um nome apoiado por ele. E que outros 18% podem vir a fazê-lo.

Eleição sem Lula?

Os votos brancos e nulos somam 11%, com 3% de indecisos, em um cenário com o ex-presidente. Sem Lula, esses índices sobem respectivamente para 22% e 6%. Bolsonaro passa a liderar com 22%. Marina e Ciro dobram para 16% e 10%. E Alckmin também sobe para 9%.

Portal CTB - Com informações da RBA
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula