A comissão de Economia e Desenvolvimento da Assembleia aprovou a criação de uma subcomissão para tratar sobre o Salário Mínimo Regional. Ficou aprovada também a realização de uma audiência pública, que deverá reunir representantes do governo, dos trabalhadores, empresários e o Legislativo Estadual.

Segundo o presidente da CTB-RS, Guiomar Vidor, “o debate é mais do que necessário para buscarmos uma solução ao impasse criado nos últimos dois anos com a falta de reajuste do Mínimo Regional, o que é inconcebível diante de uma inflação galopante e um aumento do custo de vida que ultrapassa os 35% nos dois últimos anos”.

Vidor destaca que além desta proposta apresentada pelo deputado Luiz Fernando Mainardi, na Comissão de Economia, o presidente da ALERGS, Dep. Gabriel Souza, a pedido das centrais sindicais, articula uma mesa de negociação entre os setores envolvidos e governo do estado sobre o tema, que deve acontecer no início do próximo mês.

“Valorizar o Salário Mínimo Regional é apostar na valorização do trabalho, na distribuição de renda que, junto a um projeto de desenvolvimento que priorize os setores produtivos e maior apoio a pequena e média empresa, permitirá à economia do estado construir as condições básicas para gerar mais empregos e para recolocar o Rio Grande nos trilhos do desenvolvimento”, conclui o dirigente.

(Foto: Ederson Nunes/CMPA)