Nesta manhã, as Centrais estiveram reunidas para traçar estratégias para a greve geral do dia 14 de junho, contra a Reforma da Previdência. Um dos encaminhamentos foi a realização de uma plenária no dia 29, no Sindibancários, a partir das 9h. E às 11h, promover uma coletiva com a imprensa. Outras ações foram sugeridas e estão na pauta para serem debatidas.

Guiomar Vidor, presidente da CTB-RS ressalta o momento e a importância da greve. “Estamos com o governo pressionando para votar a Reforma da Previdência e acabar com o direito a aposentadoria dos trabalhadores. Precisamos parar. A greve geral será o nosso não à reforma. E nossa unidade nos fortalece nessa luta”, destaca.