Na tarde desta segunda-feira, 13, uma comitiva de representantes das Centrais Sindicais foi recebida pela presidenta em exercício da Assembleia Legislativa/RS, deputada Zilá Breitenbach. O encontro, solicitado pelo Fórum das Centrais, teve por objetivo pedir que a mesa diretora do legislativo inclua ainda nesta semana na pauta de votação o projeto de reajuste do Salário Mínimo Regional que, depois de aprovado, ainda precisará da sanção do Governador do Estado para entrar em vigor.

O presidente da CTB/RS, Guiomar Vidor, que integrou a comitiva, destacou o empenho das entidades sindicais desde novembro/2018, período de transição entre os governos Sartori e Eduardo Leite. Somente no final de março, o governo encaminhou o projeto de reajuste à Assembleia Legislativa.

Segundo Vidor, “o Salário Mínimo Regional é um instrumento fundamental de proteção às muitas categorias que não possuem representação sindical ou capacidade de estabelecer negociações”, disse.

Guiomar ainda salienta que “a demora na aprovação do reajuste, além afetar diretamente e sacrificar os trabalhadores e trabalhadoras de baixa renda, fará com que as empresas tenham que pagar a retroatividade, já que, a data base de reajuste é o mês de fevereiro e esta diferença deverá ser paga”, apontou.