Milhares de pessoas participaram neste domingo (10/06), no Parque da Redenção, em Porto Alegre, do ato-show “Porto Alegre por Diretas Já”, em defesa do afastamento de Michel Temer, da realização de eleições diretas e contra as reformas da Previdência e Trabalhista. No final da tarde, com o ato ainda em andamento, os organizadores estimaram que cerca de 30 mil pessoas passaram pela manifestação que iniciou às 11 horas. Transmitido ao vivo pela internet, em dezenas de páginas nas redes sociais, as apresentações musicais e falas de ativistas sociais, artistas e parlamentares foram assistidas por outras dezenas de milhares de pessoas.

A exemplo dos atos que aconteceram no Rio de Janeiro, no dia 28 de maio, e em São Paulo no último domingo (3), o evento na capital gaúcha reuniu artistas que defendem as eleições diretas como saída para a crise brasileira. Entre outros artistas participaram do ato na Redenção nomes como Bagre e Ernesto Fagundes, Hique Gomez, Antônio Villeroy, Negras em Canto, Bebeto Alves, Nani Medeiros e Raul Elwanger.

O presidente da Fecosul, Guiomar Vidor, e dirigentes sindicais de diversos Sindicatos também participaram do ato-Show. "Está grandiosa manifestação cultural e artística em defesa das Diretas Já e contra as Reformas da Previdência e Trabalhista demonstra o quanto o povo clama por justiça e por um país melhor. Seguiremos em luta contra todos os retrocessos", ressaltou.

O evento foi uma iniciativa de artistas gaúchos e contou com o apoio das frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular, de movimentos sociais, partidos políticos e organizações da sociedade civil.

Galeria de fotos

Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21 Foto: Guilherme Santos/Sul21